Tipos de coloração capilar

A cor dos cabelos é questão de química! A variedade das cores dos cabelos é devida a 2 tipos de melanina que criam a cor natural do cabelo e a concentração de cada um é que determina as nuances:
Eumelanina – cabelo castanho e preto
Feomelanina – cabelo castanho avermelhado e loiro

melanina

Um maior número de pigmentos de eumelanina está presente no córtex dos cabelos mais escuros.
O cabelo loiro contém pouca melanina.

No cabelo vermelho, o pigmento presente é a feomelanina, muitas vezes, escurece para o castanho avermelhado com o avançar da idade, devido a combinação da eumelanina.

O cabelo é formado principalmente por queratina, a mesma proteína encontrada na pele e unhas. A parte mais externa dos fios, a cutícula, compõe-se de células tipo escamas sobrepostas também queratinizadas, com altas concentrações de enxofre, que funcionam como uma barreira protetora para o Córtex e a Medula, e que são responsáveis pelo brilho, maciez e penteabilidade dos cabelos.

A cutícula tem cerca de 5 a 10 camadas de espessura, sendo que suas células empilham-se umas sobre as outras, formando uma superfície bem plana. Elas mantêm-se unidas através das ceramidas, o cimento intercelular.

tintura_cabelo_virgem

Os pigmentos de melanina são fabricados por células especializadas, os melanócitos, que situam-se no bulbo capilar (raiz do cabelo). A cor dos cabelos fica localizado no córtex capilar, com o passar dos anos, a atividade dos melanócitos se altera, acontecendo então o embranquecimento do cabelo.

Coloração Capilar

A técnica de coloração capilar é milenar, antigamente as pessoas coloriam os cabelo usando plantas e minerais. A primeira tintura capilar comercial foi criado em 1909 pelo químico francês Eugène Schuller, ele formulou, fabricou e vendeu para cabeleireiros parisienses, com o sucesso de sua empreitada ele decidiu fundar uma empresa que se tornaria o Grupo L’Oreal.

O primeiro nome da empresa criada por Eugène Schueller foi  “Sociedade Francesa de Tinturas Inofensivas para os Cabelos”, em 1939 mudou oficialmente o seu nome para L’Oreal.

Atualmente mais de 75% das mulheres colorem os cabelos e entre os homens o consumo vem crescendo anualmente.

Mas como a coloração funciona?

A tintura capilar é o resultado de uma série de reações químicas entre as moléculas do cabelo, pigmentos, agentes oxidantes e pH.
Cada coloração fixa de maneira diferenciada, dando tempos diferentes de permanência nos fios. No mercado encontramos tinturas naturais e sintéticas:

Coloração natural

A henna é a tintura natural mais utilizada na modernidade, os pigmentos ficam sob a cutícula dos cabelos, sua duração varia entre 10 a 15 lavagens, mas apesar de ser natural, isso não significa que seja mais seguro ou suave do que uma formulação sintética. É difícil obter resultados consistentes e constantes com os corantes naturais, além de algumas pessoas serem alérgicas a eles.

tintura_henna

Tintura Temporária

Não possuem amônia na sua composição, só oxidante (água oxigenada) e pigmentos da nova cor. Como ela não abre a cutícula dos fios, fica depositada na superfície e sua duração varia de 2 a 4 lavagens. Isso significa que não clareiam os cabelos. Com ela é possível intensificar a cor natural dos cabelos ou escurecê-los dando nuances de moda, como por exemplo os tons achocolatados, acobreados e avermelhados, além de acrescentar um brilho extra.

tintura_temporaria

Por serem pigmentos que aderem às cutículas, as cores fantasia (como rosa, verde, azul ou lilás além de terem um pigmento maior do que a henna) saem mais rápido dos cabelos. Para que apareçam é necessário que o cabelo seja descolorido previamente.

Descoloração

O agente oxidante atua na melanina do cabelo, numa uma reação química irreversível, removendo sua cor.

O peróxido de hidrogênio, ou água oxigenada, é um dos agentes mais comuns para o clareamento. Uma solução alcalina (pH acima de 8,5), abre as cutículas do cabelo para permitir que o peróxido reaja com a melanina.tintura_descoloracaoA melanina está ainda presente no cabelo, mas ficará incolor. No entanto, por isso os cabelos descoloridos tendem a ter uma tonalidade amarelo-pálido, que é a cor natural da queratina, a proteína estrutural dos cabelos.

No processo de oxidação o pigmento que mais reagirá será a eumelanina do que com a feomelanina, por isso quando o cabelo é descolorido geralmente o tom do cabelo fica entre alaranjado e avermelhado.

 

Coloração Semi-Permanente

Uma das formas mais utilizadas é o xampu tonalizante. Contém basicamente água oxigenada, mais pigmentos artificiais e agentes de tratamento, depositando a nova cor na superfície dos fios sem quase alterar a estrutura capilar, retirando bem pouco dos pigmentos naturais, sua duração varia de 5 a 10 lavagens. O resultado é um realce no tom natural ou o chamado tingimento tom-sobre-tom, que deixa um reflexo da coloração escolhida sem eliminar a cor base do cabelo. Não cobre os fios brancos por penetrarem muito pouco no córtex capilar.

tintura_semi

Coloração Permanente

A maioria das colorantes permanentes usam um processo em duas etapas (que geralmente ocorrem simultaneamente), primeiro a cor original é removida para que em seguida a nova cor seja depositada no córtex dos cabelos e para que isso aconteça, a cutícula do cabelo é aberta.

tintura_permanente

A amônia presente na tintura abre a cutícula, que permite que a coloração penetre no córtex capilar. Também atua como um catalisador (substância que modifica a velocidade de uma reação química) quando na formulação da tintura tiver água oxigenada. O peróxido de hidrogênio é utilizado como revelador da cor ou agente de oxidação.  À medida que a melanina é descolorida, uma nova cor permanente entrará ao córtex do cabelo. Por isso é necessário uma reação com um tempo mais prolongado, geralmente 45 minutos.

Cuidados pós tingimento

Independente do procedimento utilizado, todos os processos químicos reduzem a elasticidade dos fios, devido a perda do cimento intercelular (ceramidas) e aumentando o ressecamento e a quebra. Portanto, qualquer cabelo que passou por um processo químico está mais vulnerável a danos é necessário seguir alguns cuidados:

  • Faça hidratações semanais nos cabelos;
  • Utilize xampus e condicionadores indicados para cabelos tingidos;
  • Lave os cabelos com água fria, pois agride menos o cabelo e conserva mais o brilho dos fios com tintura;
  • Se a cor escolhida for loiro e nuances, evite piscinas, pois pode reagir com o pigmento dando uma coloração esverdeada aos fios;
  • Use leave-in com filtros solares, pois os raios UV afetam a estrutura interna do cabelo, fazendo com que os pigmentos de cor oxidem mais rápido, ou seja, a cor fica desbotada;
  • Alterne os dias de lavagem dos cabelos, para que os fios não ressequem e nem desbotem rapidamente.

Christina Santos

Desde criança sou apaixonada por cosméticos, a brincadeira se tornou algo sério, minha carreira profissional sempre foi dedicada para pesquisa e desenvolvimento de produtos cosméticos.
Todo ano aparecem novidades e novas aplicações e sempre busco descobrir algo novo para passar a informação de maneira descomplicada e de fácil compreensão.

4 comentários em “Tipos de coloração capilar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *