Hipervitaminose e queda capilar

A maioria das mulheres brasileiras curtem ter os cabelos compridos e estão dispostas a fazer de tudo para crescerem mais rapidamente, e desde sempre existem várias receitas milagrosas para que eles cresçam mais rapidamente.

Com a popularização dos shampoos bomba, cada dia aparecem mais e mais pessoas comentando sobre a queda exagerada dos cabelos.

Shampoo Bomba

Com a promessa de acelerar o crescimento dos fios em até três vezes mais que o normal, o “Shampoo Bomba” ganhou fama na internet, afinal com uma composição de três ingredientes simples e acessíveis, eles prometem um crescimento entre 4 a 7 cm por mês!

Os especialistas apontam que o cabelo cresce, em média, um milímetro a cada três dias ou entre 1 a 1,25 cm ao mês; o que resultaria em uma média de 12 – 15 cm por ano.

É muito fácil encontrar relatos nas redes sociais de usuários mostrando resultados impressionantes, fotos de antes e depois pra comprovar todos os elogios feitos a esse elixir do crescimento acelerado.

Os componentes para fazer o famoso shampoo bomba são:

  • Vitamina A superconcentrada (em forma de éster de retinol);
  • Vitamina B5, uma fórmula de dexpantenol  (pantenol);
  • Qualquer shampoo sem sal.

Mas qual mal as vitaminas podem fazer?

A resposta é: muito mal. O excesso de algumas vitaminas pode ser tão ou mais prejudicial do que a deficiência delas. Isso é mais preocupante ainda no caso das vitaminas lipossolúveis, como a vitamina A, que são armazenadas no corpo por mais tempo e não têm o seu excesso eliminado com tanta rapidez. O uso de suplementos vitamínicos sem prescrição médica, podem por em risco a sua saúde e até levar a sintomas tóxicos, como a hipervitaminose.

A hipervitaminose, ou envenenamento por vitaminas, acontece quando são ingeridos altos níveis de vitaminas, que pode levar à intoxicação. O quadro clínico irá depender da substância, mas é geralmente mais grave quando há grandes quantidades de vitamina A e D no organismo.

Alguns dos sintomas da intoxicação por excesso de vitamina A são enjôo, fraqueza, sonolência, dores musculares e abdominais, visão turva, febre, anemia, diarreia, ressecamento das mucosas, problemas no fígado e, veja só a ironia, queda de cabelo.

É isso mesmo que você leu. Vitamina A demais pode fazer o seu cabelo cair.

Um das matérias-primas muito usadas é o Monovin A,  que é o centro de muita polêmica.

Monovin-A

O Monovin A é um concentrado de vitamina A numa base oleosa (feita de óleo de amendoim), comercializado em frascos-ampola contendo 20 mL.

A polêmica começa porque o produto é de uso veterinário.

O Monovin é recomendado para tratar quadros de hipovitaminose A (deficiência de vitamina A) em cães, gatos, porcos, cavalos e bois.

Monovin A não é aprovado pela ANVISA para uso humano.

Mas afinal a vitamina A faz crescer cabelos?

Até onde se sabe, não existem estudos relacionando a absorção tópica da vitamina A ao crescimento capilar dos seres humanos.

Shampoos formulados com esse apelo

Seguindo as tendências de mercado e o apelo popular, muitas empresas de cosméticos já possuem em sua linha shampoos bomba, antes de comprar o produto, verifique se no seu rótulo há o registro da ANVISA, nome da empresa fabricante e o número de registro do profissional responsável, conforme falamos nesse post sobre como ler um rótulo cosmético.

E mesmo assim usando um produto formulado para humanos, ao notar uma queda exagerada dos fios a recomendação é suspender imediatamente o uso, entrar em contato com o fabricante, informando lote de fabricação, aparência do produto e como estão seus cabelos para que eles informem e recomendem os tratamentos necessários.

Mas eu usei e o cabelo cresceu

Existem vários fatores antes de se atribuir ao uso de shampoos hipervitaminados o crescimento capilar, é possível que pela sua genética seus cabelos cresçam mais do que 1,5cm ao mês, o cabelo humano possui três ciclos:

A fase anágena é aquela relacionada ao crescimento do fio. A fase catágena corresponde a transição entre o crescimento e o repouso do fio. Por fim, a fase telógena, é aquela do repouso total do folículo.

Isso pode significar que seu cabelo esteja na fase de crescimento e mesmo sem o uso de algum shampoo o resultado seria o mesmo.

Mas se mesmo assim você quiser testar…

Converse com um dermatologista antes de aplicar, pois ele poderá solicitar exames para verificar se o seu corpo está com os níveis de vitamina A necessários, ou se há necessidade de suplementação, isso dará segurança para que ele possa te ajudar caso haja alguma contra indicação.

Além disso o médico poderá investigar se existem outras causas para que o seu cabelo não esteja crescendo de forma usual.

Christina Santos

Desde criança sou apaixonada por cosméticos, a brincadeira se tornou algo sério, minha carreira profissional sempre foi dedicada para pesquisa e desenvolvimento de produtos cosméticos. Todo ano aparecem novidades e novas aplicações e sempre busco descobrir algo novo para passar a informação de maneira descomplicada e de fácil compreensão.

5 comentários em “Hipervitaminose e queda capilar

  • Pingback:Mania de arrancar os cabelos é doença - Cosmethica

  • 31/10/2017 em 10:29
    Permalink

    usei shampoo bomba de monovim a tá caindo muito meu cabelo o que fazer ???
    me ajuda socorro??

    Resposta
    • 31/10/2017 em 16:45
      Permalink

      Pare imediatamente de usar esse shampoo bomba, os fios que caíram vão crescer novamente, e seus cabelos não continuarão caindo.

      Resposta
  • 03/02/2018 em 14:16
    Permalink

    Boa tarde no caso da vitamina A em excesso qnto tempo leva mais ou menos para o excesso sair do organismo e voltar ao normal? Eu estava tomando um suplemento e parei, estou achando q a queda excessiva do meu cabelo é por conta disso.
    Desde já agradeço se puder me ajudar.

    Resposta
    • 02/03/2018 em 19:21
      Permalink

      Olá Geisiane!
      Por ser solúvel em gordura, a vitamina A vai se armazenando nas células de gordura, onde permanece por bastante tempo. Todavia, vitaminas solúveis são facilmente expelidas através da urina. A alternativa é limpar o sistema bebendo mais água, e fazendo exercícios físicos.

      Resposta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *